O nascimento de um bebê é uma benção e uma imensa felicidade para a futura mamãe. Por isso, amamos preparar nossa casa para a chegada desta nova vida, garantindo conforto e segurança.

Por mais que pareça simples, a decoração do quarto dos pequenos não é nada fácil. Precisamos pensar em aspectos como cores, sexo do bebê, tecidos e itens anti-alérgicos e principalmente segurança.

Lembre-se o berço deve ser sempre as medidas aprovadas pelo INMETRO dessa forma você poderá dormir mais tranquila, sabendo que seu bebê não corre riscos.

Projeto de Ana Cinthia Lopes

Os berços de madeira ou mdf variam em dois tamanhos:o berço de padrão americano tem o tamanho de 1,30 m por 70 cm e o berço nacional leva o padrão de 1,30m de comprimento por 60 cm de largura.

Contudo, independente do modelo escolhido, algumas medidas são extremamente importantes para garantir a segurança do bebê.

A grade lateral do berço, por exemplo, deve ter no máximo um espaço de 6,5 cm entre uma barra e outra  para evitar que o bebê coloque a cabeça no vão. Segundo as regras do Inmetro, a distância entre o estrado e as laterais do berço não deve ultrapassar 2,5 cm, dessa forma não tem como a criança prender a mão ou o pezinho.

arquiteta Ana Claudia Villas Bôas

Projeto arquiteta Ana Claudia Villas Boas – Quarto de bebê provençal

Esse projeto de quarto de bebê da arquiteta Ana Claudia Villas Boas no estilo provençal, ficou maravilhoso. As cores claras dos móveis e do papel de parede, contrastam com o piso de madeira.

arquitetos Débora Dalanezi e Marcello Sesso

Arquitetos Débora Dalanezi e Marcello Sesso – Quarto de bebê lilás

Outro ponto que deve ser avaliado nos quartos de bebê são as camas auxiliares e poltronas de amamentação.

Designer de interiores Fernanda Guizi

Designer de interiores Fernanda Guizi – Quarto de bebê rosa

Para o quarto de bebê são mais indicadas as cores neutras, pasteis  e leves. Isso porque as cores influenciam diretamente do bem estar e se forem muito fortes ou vibrantes, podem deixar os pequenos agitados.

Quarto para gêmeos projetado pela arquiteta Leiza Veiga

Quarto para gêmeos projetado pela arquiteta Leiza Veiga

Uma ótima opção para quem quer fugir dos tradicionais “frufrus” e babados dos quartos de bebê, são as opções com mais de MDF iluminados por LED.

Projeto  da designer de interiores Mirella Antonio

Projeto da designer de interiores Mirella Antonio

Projeto das arquitetas Patrícia Madureira e Veruska Grandini

Projeto das arquitetas Patrícia Madureira e Veruska Grandini

Projeto da arquiteta Helaine Pinterich

Adesivos de parede, quadros, nichos e desenhos lúdicos também podem ser utilizados na decoração como complemento.

Projeto de Conceição Estrela

Projeto de Conceição Estrela

Projeto de Sesso Dalanezzi

Projeto de Sesso Dalanezzi

Modelo de quarto Vintage da Lilibee

Modelo de quarto Vintage da Lilibee

Outro tema importante na criação de quarto de bebês é a iluminação.

Para não prejudicar os olhos sensíveis do bebê o ideal é utilizar uma iluminação mais indireta, com abajur, leds, lustres sem foco direcionado e até o efeito de Céu Estrelado.

Modelo de Céu Estrelado criado pela arquiteta Daniele Cardoso.

Modelo de Céu Estrelado criado pela arquiteta Daniele Cardoso.

Molduras na parede e painéis decorativos também podem complementar o visual principalmente em quartos de bebê com a decoração clássica.

Quarto de bebê Clássico, criado pela Itten Arquitetura.

Quarto de bebê Clássico, criado pela Itten Arquitetura.

Aproveite os modelos para se inspirar e criar um ambiente perfeito!