Etiqueta-na-mesa--saiba-como-usar-cada-talherSaber como se comportar nas mais diversas situações nos dá segurança, causa uma boa impressão e evita possíveis constrangimentos.

Algumas pessoas acreditam que regras de etiqueta trata-se apenas de cerimônias adotadas na corte e na alta sociedade e que foram feitas somente para as pessoas ricas e eventos super formais, mas na verdade elas devem ser adaptadas a cada ocasião. Em ocasiões como encontros jantares formais, profissionais e de negócios, seguir a etiqueta à mesa é também uma forma de expressar profissionalismo, respeito e segurança.

Ser chic é muito mais que usar uma roupa de grife e andar na moda. Seu comportamento diz mais sobre você do que apenas aparência.

Para ajuda-los, criamos uma nova categoria de posts chamada “Regras de Etiqueta”  e periodicamente vamos incluir posts específicos sobre diversos temas. Para começar, vamos falar sobre etiqueta à mesa. Mas não vou ficar explicando aqui como organizar a mesa, deixarei este tema para outro post. Neste vamos focar mais o comportamento adequado durante o jantar.

Quem não se lembra da cena clássica de “Uma linda mulher”, em que ela vai jantar e joga o Escargot no garçom.

pretty-woman-gif-etiquette-o (1)

ETIQUETA À MESA

Algumas considerações gerais.

Cada lugar e cada ocasião tem uma roupa adequada. Por isso, não é vergonha pedir informação sobre o perfil de cada evento para saber vestir-se adequadamente.

Os brasileiros tem o péssimo hábito de não respeitar os horários e chegar atrasado aos eventos. Mas, por mais que sejamos compreensíveis em alguns casos, é importante programar-se quando tiver um compromisso. Ser pontual é elegante!

Se você for convidado para um evento é importante demonstrar satisfação em estar ali. Ser polido, simpático, sorrir e presentear o anfitrião, com uma bebida por exemplo é de muito bom gosto.

A regra informa que a refeição só começa quando o anfitrião colocar o guardanapo no colo ou iniciar a refeição. este é o sinal de que o jantar pode começar.

O guardanapo fica sempre no lado esquerdo ou no centro do prato. Se for de pano, desdobre-o e coloque-o no colo, mas não precisa chacoalhar como se fosse estender roupa no varal. Se o guardanapo for de papel, basta mantê-lo no lado esquerdo do prato, neste caso não colocamos no colo.

Se precisar se levantar, peça licença e coloque o guardanapo no lado esquerdo do prato. Se vier um casal amigo cumprimentá-los, o homem deve levantar-se.

Sempre parta  o pão com as mãos e depois passe os patês ou manteigas. Nada de ficar mergulhando o pão no molho  ou na sopa.

TALHERES

Uma regra bem simples é começar a utilizar os talheres de fora para dentro. Os pratos já serão servidos nesta ordem, por isso não tem erro.

Mas o ideal é entender pelo menos algumas diferenças bem básicas, como por exemplo o garfo de peixe que tem um formato mais assimétrico na ponta que normalmente é usada apenas para afastar peles e espinhas que possam aparecer.

Segue um modelinho bem simples de como virá uma mesa organizada para um jantar mais formal.
Captura de Tela 2015-05-05 as 17.19.08_zpsg42hha3f

No padrão americano, que é o mais utilizado pelos brasileiros, o garfo é utilizado na mão direita enquanto a faca descansa na parte superior do prato. Contudo, quando você for cortar algum alimento, deve  segurar o garfo com a mão esquerda e a faca com a mão direita para lhe dar mais firmeza. Depois para levar o alimento à boca, o garfo volta para a direita. Confuso? Vamos simplificar. Você sempre levará o alimento à boca com a mão direita, mas quando for cortar uma carne por exemplo, trocará os talheres de mão. Depois que cortar o alimento, o garfo volta para seu lugar.

faca descanso

Na hora de descansar os talheres para uma pausa na refeição ou para conversar com alguém, lembre-se que a faca fica na parte superior do prato, conforme exemplo da imagem acima, já o garfo pode ficar lo lado esquerdo ou direito.

No padrão de europeu, que é mais  tradicional, o garfo fica na mão esquerda o tempo todo e os dentes são usados para baixo. Ou seja, você “espeta” o alimento. Essa regra só não é utilizada quando é impossível comer o alimento assim. Como por exemplo um Risotto.

etiqueta2

Neste caso para descansar os talheres no prato, o garfo fica do lado esquerdo e a faca do lado direito, podendo ou não tocar-se.

Evite colocar pedaços gigantes de alimento na boca, tente cortar a comida em pedaços menores.

Independente do padrão do jantar, não se incline sobre o prato, e sim leve a comida à boca. Jamais converse com a boca cheia e muito menos mastigue com a boca aberta.

Finalize a refeição colocando o garfo e a faca com ambos os cabos voltados para a direita e ligeiramente inclinados para baixo. Existem algumas imagens na internet que mostram outras regras como dizer se a refeição estava ótima, boa ou péssima, mas não é necessário principalmente na casa do anfitrião. Neste caso a elegância é apenas informar que você já terminou o seu jantar.

etiquetaamesa4

SOPA

Se no seu jantar for servido como prato uma sopa, não precisa se desesperar. Você deve segurar a colher de lado com o dedão e o indicador da a mão direita, para ajudar a dar estabilidade pode até encostar o dedo médio na parte de trás da colher. Depois pegue a sopa fazendo um movimento de dentro para a borda encostando e limpando delicadamente o fundo da colher antes de levá-la a boca também de lado, nunca pelo bico e sem chupar e fazer barulho. No caso da sopa é permitido curvar-se levemente.

Quando você está tomando sopa a mão esquerda (que não está sendo utilizada) deve permanecer com o punho apoiado e descansando na borda da mesa. Outra dica é não assoprar  a comida, inicie próximo das bordas que esfriam mais rapidamente.

TAÇAS e COPOS

As taças e copos ficam sempre a direita do seu prato para facilitar seu manuseio, pois dessa forma você não cruza o seu braço sobre o prato.

Num jantar mais formal normalmente são postas quatro taças distintas: Aguá, Vinho Branco, Vinho tinto e Champanhe. Muitos não sabem, mas o papel chave de cada uma é realçar algumas características da bebida.

tipos-de-taça-para-cada-bebida-21

A taça de vinho branco é a menor do conjunto e é uma bebida que pode ser consumida em uma temperatura mais baixa. Portanto, um recipiente menor permite menos trocas de calor com o ambiente.

A taça de vinho tinto tem um formato mais “bojudo” que a de vinho brando, pois essa bebida precisa de mais oxigenação para realçar seu sabor e seu aroma. Esse formato direciona o fluxo acima da ponta e do centro da língua, diminuindo a acidez e acentuando as qualidades mais arredondadas e maduras do vinho.

A taça de Água (refrigerante ou suco) é a maior de todas, pois normalmente consumimos mais desses líquidos durante o jantar.

A taça para espumantes ou champanhe, tem um formato mais comprido e com haste longa que chamamos de flûte, ou flauta. Por se tratar de uma bebida gaseificada, esse formato ajuda a manter a efervescência por mais tempo  e conversando melhor o seu sabor.

Toda taça possui haste e ela não está lá à toa . A haste serve para que você segure de maneira correta, sem encher o bojo da taça com marcas de dedos, além de minimizar o aquecimento do líquido quando em contato com a mão.

Segure a taça com os quatro dedos da mão, nada de ficar levantando o dedinho mindinho!!!!!

i98576
SOBREMESA

Acima dos pratos estão os talheres de sobremesa. Num jantar mais completo você verá uma colher, um garfo e uma faca menor. A colher e a faca devem estar com os cabos virados para o lado direito pois você as utilizará com essa mão para comer. Enquanto o garfo fica com o cabo virado para o lado esquerdo.

Algumas exemplos do que comer com cada um: Cremes, Pudins, Sorvetes, Salada de Frutas, são servidos com a colher.

Torta e Bolos: São servidos com garfo, porém às vezes é necessário o uso da colher, principalmente quando for bolo com caldas.

IMPORTANTE

Nunca coloque os cotovelos na mesa, o ideal é manter os punhos encostados ou próximos da beirada da mesa. Até a metade do antebraço tudo bem, mas cotovelos jamais!

Para evitar marcas de batom na borda dos copos ou taças, o ideal é que antes de iniciar o jantar, mas mulheres retirem o excesso com o guardanapo. Neste caso o indicado é limpar no de papel, mas se só tiver o de pano não tem problema. Antigamente junto com o guardanapo de apoio (que vai no colo), vinha um guardanapo de linho branco exatamente para isso. Pois o linho branco podia ser lavado com alvejante. Com os produtos atuais que temos no mercado, já não se tem mais essa necessidade, então essa prática foi perdendo força.

E para finalizar saiba a hora de se despedir. Ser o último a sair da festa não é tão bacana quanto parece. Organizar um jantar é trabalhoso e cansativo, por isso entenda os sinais dos anfitriões e se despesa adequadamente.

Nas próximas semanas ensinaremos a organizar um jantar em casa. Como receber adequadamente seus convidados.

Espero que tenham gostado.

Se tiverem alguma dúvida ou quiserem sugerir algum tema. Enviem um e-mail para decorloversoficial@gmail.com